Pessoa abusiva: de onde vem o abuso

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Uma razão que atrapalha muitas pessoas a se livrarem do abuso e pode te atrapalhar também é a esperança de que a pessoa abusiva pode melhorar. Isso porque você parte do suposto de que está lidando com uma pessoa normal. Mas a verdade é que as pessoas abusivas não são pessoas emocionalmente saudáveis. O objetivo deste post é que você tenha consciência de que não está lidando com uma pessoa normal. As relações abusivas são atribuídas, em sua maioria, às pessoas portadoras de 4 transtornos de personalidade: Transtorno de personalidade narcisista, Transtorno de personalidade anti-social, Transtorno de personalidade borderline e Transtorno de personalidade histriônica. esses traços interferem na capacidade funcional de uma pessoa em sociedade. Pessoas com estes distúrbios possuem problemas com o controle de impulsos e a regulação de suas emoções. Os sintomas dos transtornos de personalidade causam a essa pessoa problemas nas relações com outras pessoas. Para alcançar aos seus próprios anseios e objetivos, as pessoas com transtorno de personalidade se tornam controladoras, abusadoras, manipuladoras nos seus relacionamentos. Pessoa abusiva: de onde vem o abuso - Janaina Campos - Viva o relacionamento que você merece   Seguem abaixo as características gerais de cada transtorno de personalidade:

  • Transtorno de personalidade narcisista: esse transtorno envolve a percepção de ser grandioso e exigir a admiração dos outros. As pessoas com transtorno de personalidade narcisista exageram suas próprias realizações, têm um senso de direito, exploram os outros, não têm empatia, invejam os outros e são arrogantes.
  • Transtorno de personalidade anti-social: este transtorno mostra um padrão de desrespeito pelos direitos dos outros e pelas regras da sociedade. As pessoas com transtorno de personalidade anti-social tendem a mentir, ser agressivas, desconsiderar a segurança, violar a lei e não ter remorso.
  • Transtorno de personalidade borderline: esse transtorno envolve relacionamentos intensos e instáveis, auto-percepção exarcebada e grande flutuação de humor. Pessoas com transtorno de personalidade limítrofe (TPL) tendem a ter pouco controle dos impulsos. As pessoas com esse transtorno freneticamente evitam o abandono, são impulsivas, suicidas ou que se auto-magoam, sentem-se vazias, sentem raiva inadequada e podem ser paranóicas.
  • Transtorno de personalidade histriônica: são caracterizadas por um padrão de emoções excessivas e busca de atenção. Suas vidas são cheias de drama. E se sentem desconfortáveis ​​em situações em que não são o centro das atenções.

Especialistas afirmam que o diagnóstico é complexo pelo fato de uma única pessoa mostrar características de mais de um transtorno. Mas o maior problema não é este. O maior problema é que estes transtornos não tem cura. Com isso, a pessoa não tem uma cura completa em nenhum tratamento existente. Em suma, o abuso acontece devido a um transtorno. E a pessoa abusiva não muda. Por isso eu afirmo constantemente  que o melhor é focar na sua mudança e na sua libertação desse relacionamento. Não adianta alimentar qualquer esperança em relação a alguma mudança. Essa esperança te prende à relação abusiva e te impede de evoluir na sua jornada e se libertar dessa relação. A dica é parar de alimentar essa esperança e buscar a sua libertação. Bibliografia:

  • https://www.mentalhelp.net/articles/dsm-5-the-ten-personality-disorders-cluster-b/
  • https://www.sciencedirect.com/topics/neuroscience/cluster-b-personality-disorders
  • https://mental-health-matters.com/personality-disorders-controllers-abusers-manipulators-users-relationships/
Janaina Campos

Janaina Campos

Janaina Campos Psicanalista | Coach | Hipnoterapeuta - OMNI e NGH | Analista Comportamental Te conduzo à libertação definitiva da codependência emocional e dos relacionamentos abusivos. Viva o relacionamento que merece.

Veja também!

Comentários

Posts Recentes

Parabéns!

Muito bem,
Você já esta Inscrito!

O que fazer enquanto isso?
Você pode acompanhar o meu trabalho em minhas redes sociais e conferir o meu site.

Semana de Conhecimento
100% ONLINE e 100% GRATUITA
28/SET a 05 de Outubro

Venha conhecer a técnica DEFINITIVA para NUNCA mais viver relações abusivas e se libertar definitivamente da dependência emocional

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.