Relação abusiva e seus impactos: dependência química

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

Relação abusiva: por que parece que você nunca vai conseguir esquecer a pessoa abusiva?

Em um post passado eu falei sobre o trauma bonding. Ele contribui para que você não consiga sair da relação abusiva por causa das falsas crenças que você cria a respeito da pessoa abusiva. Mas existe um impacto do abuso que é bem mais forte do que o trauma bonding. É a dependência química.

Relação abusiva e seus impactos: dependência química - Janaina Campos - Viva o relacionamento que você merece

Você deve se recordar como era lindo quando você conheceu a pessoa abusiva. O início é um bombardeio de paixão. A pessoa te dá toda a atenção possível. Muitas mensagens, ligações. Parece que a pessoa vive para você. Te elogia o tempo todo. Talvez você tenha ouvido algo do tipo: você é diferente, você me faz muito bem.

A EXPLICAÇÃO

A intensidade dos sentimentos que você experimenta no início dos relacionamentos abusivos é muito mais forte do que acontece num relacionamento saudável. Sua química cerebral está explodindo, liberando o tempo todo substâncias que te deixam em êxtase. É por isso que você sente uma paixão fora do comum, bem acima da média. E essa química gera um profundo bem estar no seu organismo.

A partir de um certo momento, a pessoa “perfeita”, começa a mudar. E a praticar coisas que te fazem mal. E o seu cérebro, que estava em êxtase com o coquetel de substâncias altamente estimulantes, entra em abstinência dessas substâncias. E passa a buscar desesperadamente experimentar essa sensação de novo.

Em breve, essa pessoa te resgata do mal que ela mesma causou. E você experimenta novamente a sensação deliciosa. E essa dinâmica se repete continuamente: abstinência x uma nova dose.

E isso gera uma dependência química nos seu cérebro. Sim, você se vicia quimicamente pela pessoa abusiva. Da mesma forma que alguém se vicia por uma droga.

E o seu cérebro passa a buscar o tempo todo uma nova dose. E te “diz” toda hora que você precisa dessa pessoa, que não pode ficar sem ela, e etc. Simplesmente porque não quer ficar sem aquela dose de êxtase.

E você acha realmente que não pode ficar sem aquela pessoa, pois sente isso, a dependência agindo. Mas isso tudo é a dependência química falando, e não você. E essa é a razão pela qual é tão difícil para você conceber a idéia de ficar longe dessa pessoa ou esquecer essa pessoa.

A crise de abstinência é a razão de você sentir até mesmo mal estar físico quando se separa da pessoa abusiva. Eu sei que isso tudo é chocante, caso seja a primeira vez que você está lendo sobre isso. Mas essa informação de dá a consciência de que não é você dizendo que não quer se separar da pessoa abusiva, ou que quer voltar, é a sua dependência química por essa pessoa.

E esse conhecimento te dá poder para lutar contra a dependência química por uma pessoa que te faz mal. Com isso, eu espero que este post possa contribuir para a sua libertação em relação a essa pessoa.

ASSISTA O VÍDEO:

Janaina Campos

Janaina Campos

Janaina Campos Psicanalista | Coach | Hipnoterapeuta - OMNI e NGH | Analista Comportamental Te conduzo à libertação definitiva da codependência emocional e dos relacionamentos abusivos. Viva o relacionamento que merece.

Veja também!

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Posts Recentes

Parabéns!

Muito bem,
Você já esta Inscrito!

O que fazer enquanto isso?
Você pode acompanhar o meu trabalho em minhas redes sociais e conferir o meu site.

arrow-icon-size3 Voltar para o Site

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.